8.6.10

UNIÃO EUROPEIA
O JOGO VISÍVEL
(quantos mais pobres e desempregados, mais importantes e poderosos são os "senhores")




Cada dia que passa, a Comissão Europeia torna mais óbvia, a sua fixação monetária e pretensão federalista que pretende alcançar a perfeita instabilidade dos povos da Europa, através de tensões sociais, que promovem a desigualdade das classes.
A nova doença da economia atingiu os bancos, logo, há que penalizar as pessoas que trabalham, para preencher os cofres que reciclam a dependência ao crédito, preservando a integridade do "grande dinheiro".
De Maastricht a Frankfurt, podemos apreciar as lindas políticas ornamentadas, tecnocratas interesseiros, banhados a ouro, ouvir o eco nos bancos nacionais esvaziados, fotografar as soberanias enfraquecidas, que choram lágrimas de cobre que irão revestir as moedas de cêntimos...

Espreite e conclua por si:

Reformas estruturais da Segurança Social e do código laboral, AQUI
Aprovação prévia dos orçamentos nacionais, AQUI