18.12.10

DINHEIRO!
(a minha prosa)


Os oceanos tinham pimenta em vez de sal, os aviões rastejavam, os jornais falavam, os políticos criavam leis justas, os livros tinham odores estranhos, os escritores vendiam carros, a policia ia competir nos jogos olímpicos, os professores saltavam à corda, os cozinheiros criavam receitas iluministas, os pássaros caçavam ursos polares, os pobres emprestavam dinheiro aos bancos, a sabedoria bebia whisky, as vacas criticavam o neoliberalismo, os traidores choravam, os conselheiros de Estado fuzilavam os velhinhos, a máfia comia pão integral, os idiotas eram julgados, a tecnologia estava de férias, os traficantes de droga faziam o pino, os futebolistas ofereciam conhecimento, as dores estavam sãs, o chão odiava o tecto, a arte era interesseira, as prisões escorregavam nas leis, os bancários apalpavam o céu, o calor promovia o frio, Adão tinha dores de dentes, Eva cortara-se em cima do armário, o Natal era uma marca registada, os cientistas eram eleitos, os médicos ouviam rádio, os cubos rebolavam, as doutrinas eram contagiosas, os telefones nadavam nas piscinas cobertas, etc...
Mas estava tudo bem,... Havia muito dinheiro!

Pierrot le fou

2 comentários:

El Matador disse...

...os bancários apalpavam o céu..

muito bom ;)

Pierrot le Fou disse...

He he ;)