27.5.10

ASNISMO! (o jogo actual)



Gosta de joguinhos, adora ganhar?
Sonha com a vitória da selecção portuguesa de futebol, no mundial 2010?...
É viciado em competição, em busca do melhor dos melhores, já que não o encontra na sua pessoa?
Gosta de campeões de salto, corrida, socos e bofetadas e outras modalidades do dinheiro reservado?
Se sim, considere-se mais um cidadão banal, que gasta oitenta por cento do seu tempo à espera de resultados que dependem dos outros e os vinte por cento que sobram, a comentar os jogos de futebol e a repetir frases feitas, bem fresquinhas, que ouviu ou leu por aí (no sofá).
Sinta-se feliz, chegou a sua vez! Pois, já está a participar no maior jogo do planeta Terra, que se globalizou, por um lado, graças ao seu trabalho, por outro à sua enérgica dedicação, à contemplação da nova tendência hipnotizadora, que representa a economia dos comodistas ignorantes, com os cargos que já conhecemos...
Respeita assim, as duas principais regras do jogo, e habilita-se ao primeiro prémio, que a União Mundial de Negócios promove, no seu novo concurso com o nome: "Work, Shut Up And Die!" (trabalha, cala-te e morre).
O júri é constituído por impotentes sexuais, frustrados sociais ou outros heróis desmantelados, rigorosamente seleccionados:

1 - Ministros e amigos
2 - Administradores ou gestores
3 - Governadores de bancos
4 - Economistas
5 - Grandes empresários

Os participantes receberão ao alcançar a idade da reforma, um par de orelhas de asno em papelão e uma caneca com a fotografia de um dos heróis do júri.

A todos os futuros asnos, já com orelhas, desejo um óptimo percurso e ainda mais ignorância.
E... continuem a praticar Asnismo!

Pierrot le fou

24.5.10

PORTUGAL E A MOEDA COMUM EM 2010
(o poder do cêntimo)


A União de Negócios Europeus, vulgarmente conhecida por União Europeia, está com problemas de moeda!
Sim, aquela coisa que o povinho nunca teve, não tem e pelo andar da carroça, irá ver passear por aí, como um cãozinho treinado pelos poderes ocultos dos interesses mundiais e seus discípulos nos governos (sim, aqueles que mostram a cara mas não as intenções), que nos deixam fazer umas festinhas ao de leve, por tempo determinado pelas leis da moda económico-partidária.
Não fossemos nós desenvolver pelo canídeo, alguma espécie de amor não referenciado nos glossários da medicina industrial, que seus embaixadores da legislação a martelo, pelas assembleias nacionais, não conseguissem enfrentar, com os químicos que impõem à população adormecida pela informação televisiva nos seus telejornais circenses aliados, no sistema do "passa para cá o dinheiro dos outros e ainda levas algum para ti".
Os economistas, falam na desvalorização da moeda comum...
Moeda comum? Em Portugal, a moeda mais comum tem nome! Chama-se moeda de um cêntimo!
A peça em si, simboliza o poder económico do cidadão português, a liberdade para o investimento, visão para o negócio, aplicações no capital estrangeiro...
Temos aqui mais um sintoma da inevitável doença europeia, que os negociantes da lei nos informam com o orgulho de um hamburger e a inteligência de um pneu, como quem diz:

"ó malta, somos uns grandes bróculos! Rebentámos com o país, agora lixem-se vocês, porque nós já temos bons salários e "reformas" (no plural!) garantidas".

Afirma-se assim, a vontade de regular uma peça de transacção, insistindo na desvalorização dos reais e legítimos produtores e proprietários das riquezas materiais, "as pessoas que não têm poder algum e que pagam para os outros brincarem aos pais e às mães que foram às compras com a moeda de cêntimo que desviaram da carteira que estava mais à mão".

Parabéns aos senhores progenitores da decadência política, vendedores de soberanias e outros accionistas das civilizações mercantilistas sensíveis à evolução humana,

Pierrot le fou

7.5.10

PARE, ESCUTE E OUÇA COM ATENÇÃO!
(video)


Só pensa em dinheiro?
Clique aqui "e sinta o coração" (Música dos britânicos, Massive Attack, 1998, com a voz de Elizabeth Fraser, dos Cocteau Twins)

10 MANDAMENTOS PARA O CAPITAL REFUNDIDO
(POVO ≠ ECONOMIA)



ESQUECE A TUA VIDA E OS TEUS DIREITOS.
SACRIFICA OS TEUS FAMILIARES E AMIGOS.
JUNTA-TE A NÓS NESTA CAUSA MONETÁRIA!
PODERÁS SER O “EMPREGADO DO ANO”.
PARA ISSO, DEVERÁS OBEDECER AOS 10 MANDAMENTOS,
QUE DEFENDEM OS NOSSOS INTERESSES;

- Mandamento 1º. Não amarás a tua família!
- Mandamento 2º. Insistimos, para que ignores os teus filhos!
- Mandamento 3º. Trabalharás sem dormir, em nome do capital económico invisível!
- Mandamento 4º. Comerás os restos das crises económicas, por nós promovidas!
- Mandamento 5º. Roubarás e tudo nos entregarás!
- Mandamento 6º. Serás nosso defensor, frente aos teus iguais!
- Mandamento 7º. Denunciarás os fracos que não produzem!
- Mandamento 8º. Agradecerás diariamente, a liberdade que te proporcionamos!
- Mandamento 9º. Obedecerás a qualquer superior económico!
- Mandamento 10º. Não usarás a tua consciência!

Pierrot le fou